jusbrasil.com.br
28 de Janeiro de 2021

Instabilidade brasileira e a fuga de brasileiros para o exterior.

Mude de vida com 4º passaporte mais poderoso do mundo.

Shirley Oliveira, Advogado
Publicado por Shirley Oliveira
há 9 meses


O Brasil desde sempre passa por crises e instabilidades e essa que estamos vivendo atualmente não é a primeira e dificilmente será a última.

Esses altos e baixos em que vive o Brasil desilude o brasileiro e muitos decidem abandonar a pátria amada Brasil. Realmente não é fácil viver aqui, com tantas dificuldades, inseguranças, desigualdades sociais, problemas na saúde e etc..

Mas já existiu uma época que muitos queriam vir morar aqui no Brasil. No final do século XIX e início do século XX houve a grande imigração italiana para o Brasil. Vários italianos vieram em busca de um sonho , fugindo de uma Europa em crise , de construir uma família digna em um país que estava em franca ascensão .

O tempo se passou e esses italianos deixaram uma herança para alguns milhares de brasileiros, mais precisamente 25 milhões de descendentes de italianos, que herdaram a tão sonhada dupla cidadania italiana. Esses descendentes, igualmente aos seus antepassados, tem um sonho de construir uma nova história fora da sua terra natal.

Com essa fuga de brasileiros para o exterior, a maioria vive em condição de ilegalidade nos países de destino dificultando a realização do sonho de morar em um país desenvolvido.

Essa situação tem gerado uma grande busca no reconhecimento da dupla cidadania italiana. Ter dupla cidadania abre portas para o mundo, tanto para morar em países que são o berço da cultura ocidental, tanto para estudar e trabalhar de forma legal em vários países da Europa.

Mas a grade dúvida é como conseguir esse tesouro? Segue abaixo algumas dicas:

1- Converse na sua família, com tios, tias, avós, primos e primas e colha o maior número de informações possíveis acerca do italiano que veio para o Brasil;

Na família tem muitas informações que nos ajudam a montar esse quebra cabeça.

2- Faça sua árvore genealógica e veja quem são os seus ascendentes (mãe/pai, avó/avo, bisavô, bisavó/, trisavô/trisavó e etc.)

Para fazer a árvore genealógica, comece por você, debaixo para cima até chegar no italiano, sempre preenchendo com ascendentes em linha reta.

3- Junte todos as certidões necessárias para comprovar o vínculo entre você e o italiano

Isso pode demandar um pouco de tempo e paciência, pois trata de documentos muito antigos e pode-se ter uma certa dificuldade para encontrar.

4- Faça uma análise de todos os documentos, verifique se encontra algum erro que possa comprometer o reconhecimento;

Essa análise, pode ser que precise de um profissional especializado para fazer para você, um erro poderá ser fatal para o não reconhecimento da dupla cidadania italiana.

5- Com todas as certidões em mãos, envie para a tradução juramentada;

Sempre contratar um tradutor juramentado registrado na junta comercial do seu Estado.

6- Envie para o apostilamento

O apostilamento facilitou muito o reconhecimento da cidadania italiana. São realizados diretamente em cartórios de notas, antes havia um procedimento de legalização realizado no próprio consulado.

Esses são os principais passos para obter o reconhecimento da cidadania italiana, realizar seu sonho de morar na Europa, sem ficar ilegal.

Dúvidas sobre o reconhecimento da dupla cidadania italiana entre em contato:

www.cittadinicidadaniaitaliana.com

assessoriacittadini@outlook.com

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Muito esclarecer o conteúdo. Parabéns Dra. Shirley pelo artigo! continuar lendo

Obrigada Doutora !! continuar lendo